O Fruto do Espírito

PDFImprimirE-mail

AddThis Social Bookmark Button

 
Hoje no momento de oração, Deus falou algo muito lindo em meu coração sobre o Fruto do Espírito e gostaria de compartilhar esta Palavra com vocês. Antes disto, vamos analisar algumas questões sobre a "semeadura", já que estamos falando sobre Fruto.

Quando lemos a parábola do semeador e a sua explicação (Mateus 4:1-20), vemos que Jesus Cristo é o Semeador. Na verdade, Jesus foi o primeiro a semear a semente da Palavra, pois hoje nós temos a missão de fazer o que Ele fez, ser Suas testemunhas e continuar semeando esta semente. Nós somos semeadores! Podemos até dizer então que Jesus é o "Semeador dos semeadores". Há em nossas mãos esta tarefa que, talvez pareça árdua, mas o mesmo Deus está conosco todos os dias até a consumação dos séculos.

Ainda nesta parábola, vemos que a semente é a Palavra de Deus. Amados, não podemos nos vender e nem nos enganar. Não podemos plantar outra coisa na vida das pessoas. Há um versículo maravilhoso no Antigo Testamento sobre semeadura que diz: "Não semearás a tua vinha com diferentes espécies de semente, para que não se degenere o fruto da semente que semeares, e a novidade da vinha." (Deuteronômio 22:9). A nossa missão como semeadores da Palavra é semear a Palavra. Parece repetitivo não é mesmo? Mas se o próprio versículo diz: "O semeador semeia a Palavra." (Marcos 4:14), por que deveríamos semear outras coisas? O cristão não deve semear contendas, ódio, inveja, dúvidas, separações... nada disso! Devemos semear A PALAVRA. Esta é a semente que gera em nós o caráter de Cristo.

Como foi dito no ínício, Jesus foi o primeiro Semeador. Convinha mesmo que fosse assim, pois como iríamos semear algo que não temos ou que ainda não nos foi dado? Foi isso que aconteceu com os discípulos. Primeiro eles receberam a Palavra e depois foram enviados a semear. Aqui entra a mensagem que Deus falou ao meu coração. Quero ser bem objetivo para não ser infiel ao que Ele nos disse. Esta semente que é a Palavra de Deus, uma vez plantada e germinada na boa terra que são os nossos bons corações, gera um Fruto. Este Fruto é o Fruto do Espírito Santo, mencionado em Gálatas 5:22. Repare que está no singular, ou seja, é apenas um Fruto, sendo que este possui nove "vitaminas" que fortalecem e revigoram tanto o nosso próprio corpo como membros quanto o Corpo de Cristo que é a Igreja. Estas "vitaminas" são conhecidas como alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, domínio próprio. Agora vejam que maravilhoso: tudo começou com uma semente, mas agora existe um Fruto "Vitaminado" que está cheio de sementes. Como assim? Só conseguiremos pregar a Palavra, compartilhar o Evangelho, falar do Amor de Deus, semear a semente se dentro de nós este Fruto estiver bem cuidado. Você tem zelado por isto? Talvez esta falta de força, este desânimo, esta insufiência e incapacidade de realizar a obra de Deus seja resultado de um descuido nesta parte. Quando o Fruto do Espírito é praticado e "comido" dia após dia, automaticamente as sementes que estavam dentro deste fruto são extrapidas do nosso interior. Assim, através das nossas palavras, atitudes, vestimentas, enfim, através de tudo em nós, a Palavra é semeada. Enquanto não decidirmos deixar este Fruto ser gerado em nós, não conseguiremos semear, pois é impossível semear algo que não temos ou não praticamos. Pode até ser que você consiga semear algo, mas sem as "vitaminas" do bom exemplo, certamente os frutos não aparecerão, pois esta é a lei da semeadura:

 
"Não erreis: Deus não se deixa escarnecer;
porque TUDO QUE O HOMEM SEMEAR, ISSO TAMBÉM CEIFARÁ."
(Gálatas 6:7) 
 
Pr.LucianoXisto - Ministério Loucura da Pregação

Online

Nós temos 32 visitantes online

Twitter

 

Facebook

Templates Joomla 1.5